compartilhe

0

Treino

Como aumentar a velocidade na corrida gradativamente?

Há técnicas que favorecem uma melhor evolução na atividade física

Redação WRunPor
Redação WRun

É bastante comum que os corredores iniciantes não tenham tanta velocidade ou pique para correr longas distâncias. Afinal, esta atividade física exige adaptação ao esforço, que vai muito além do movimento de pernas, mas também envolve diretamente o condicionamento cardiorrespiratório. Se você deseja melhorar a velocidade em seus treinos e se preparar para competições, confira essas dicas:

Equipamentos certos são fundamentais

Para quem acha que correr é só, literalmente, “sair correndo”, está enganado. A prática da corrida exige disciplina, treino e equipamentos corretos, no caso, roupa e calçado adequados. Um tênis que amortece todo o impacto dos pés no solo é muito importante para inibir lesões, já roupas capazes de absorver suor são as mais indicadas para um exercício mais confortável.

MAIS
5 dicas de alimentos pré-treino
4 cuidados ao correr no calor

Intercalar treinos favorece adaptação

Ganhar velocidade demanda dedicação e treinos constantes. Um dos treinamentos mais indicados para este objetivo é intercalar piques e trotes, ou seja, em 10 minutos de treino, faça 10 segundo de pique e 1 minuto de trote. Essa prática ajudará na redução do tempo e na maior agilidade do corpo.

Menos passadas por minuto

Durante muito tempo aplicou-se a técnica de passadas maiores para aumentar a velocidade da corrida. Mas um novo padrão tem se estabelecido entre os corredores: diminuir as passadas para aumentar a velocidade. Com uma cadência de 180 passos por minuto, por exemplo, o tempo da corrida irá diminuir.

Treinos de força são sempre bem-vindos

Como corrida fala de resistência, a força nos músculos é muito importante para resultados mais satisfatórios. Entre os treinos mais indicados para quem corre estão os agachamentos e saltos.