compartilhe

0

Treino

Veja como a meditação pode influenciar seu desempenho na corrida

Controlar a ansiedade e desenvolver consciência corporal são alguns benefícios da prática

Redação WRunPor
Redação WRun
meditação

Foto: Shutterstock

Por Brenda Prestes

 

Meditação e corrida têm mais coisas em comum do que muita gente imagina. Observar a respiração, o corpo e os pensamentos, por exemplo, é chave para ter sucesso nas duas práticas.

A meditação é uma ferramenta poderosa para desenvolver autoconhecimento. Para quem corre, meditar ajuda a trabalhar foco e concentração, controlar a ansiedade, perceber melhor os limites do corpo e, com isso, se sair bem nos treinos.

Inscreva-se para Cosan Athenas 18K SP 2019
e corra mais forte

A professora de ioga e corredora Amanda Preto, fã de meditação, explica que a maioria das técnicas foca na atenção à respiração e às sensações físicas no momento da prática. Mas meditar não se limita a ficar sentado em posição de lótus, com os olhos fechados.

É possível praticar em movimento, aplicando o princípio de observação à postura e ao ritmo da respiração enquanto corrre – transformando o momento do exercícios em uma espécie de meditação ativa.

“Há, ainda, tipos de meditação que contemplam métodos de visualização”, diz. “Em silêncio, de olhos fechados, você pode imaginar que está correndo sua prova dos sonhos, na distância que deseja estrear, cruzando a linha de chegada feliz”, completa. Colocar a técnica em prática é uma forma de “combinar” com sua mente que você tem um compromisso com uma meta.

Durante a corrida, Amanda dá a dica: se a cabeça cansar antes do corpo, resgate em seus pensamentos a razão pela qual está treinando. “Isso ajuda a manter o foco, sendo a meditação apenas mais uma aliada da sua aspiração de atleta”, orienta.

A yoguini e jornalista Amanda Preto em postura de yoga

Efeito imediato

Muita gente hesita em começar a meditar porque acha que benefícios vão demorar para aparecer. Que nada. É possível ter a percepção de mente mais tranquila logo depois de uma sessão. Mas, como em todo treinamento – e a meditação é um treino mental – ganhos mais consistentes vêm com o tempo e a regularidade na prática.

Colocar a meditação na rotina fica mais fácil quando você adota algumas estratégias. Primeiro, reservar um horário do dia para isso. “O ideal é meditar pela manhã, quando cabeça e corpo estão mais descansados. Isso aumenta a qualidade da concentração”, fala Amanda.

Comece aos poucos – cinco minutos, por exemplo – ficando em silêncio, com os olhos fechado e prestando atenção à respiração. Não precisa sentar em posição de lótus – basta ficar em uma posição confortável, seja sentado em uma cadeira ou no chão ou até deitado.

Quando os pensamento vierem à mente, tente não se apegar a eles. “Volte à respiração e deixe que eles vão embora sozinhos, sem esforço”, diz.

Conquiste a cidade na Cosan SP City Marathon!

A prova acontece dia 28.07 na região central de São Paulo. Os participantes podem escolher entre os percursos de 21K ou 42K, além de vivenciar a experiência de dois dias de exposição com várias atividades e conteúdo.

Após a prova, os atletas poderão aproveitar atrações musicais, serviço de recuperação muscular, gravação de medalhas e muito mais! Confira todos os detalhes e faça sua inscrição aqui.