compartilhe

0

Treino

Saia do sedentarismo, já!

Confira algumas dicas do treinador Marcio Atalla para você começar a se movimentar e garantir mais saúde

Juliana MesquitaPor
Juliana Mesquita

Saia do sedentarismo, já!

Falta de tempo, cansaço, preguiça… Você vive arrumando desculpas para não sair do sofá? Então, você faz parte dos 62% dos brasileiros com 15 anos ou mais que não praticam atividade física, segundo pesquisa divulgada este ano pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Mas chegou a hora de sair dessa estatística e espantar o sedentarismo de vez! Os benefícios disso são muitos: prevenção de doenças como diabetes, obesidade e problemas cardiovasculares; combate à depressão e à ansiedade; melhora da qualidade do sono; mais disposição para o dia a dia; e por aí vai… Confira algumas táticas sugeridas pelo treinador Marcio Atalla que podem ajudar você a pegar gosto pelos exercício e ter uma vida mais ativa.

Dica 1: faça atividades ao ar livre
Quem pensa que para se movimentar é preciso se inscrever em uma academia está muito enganado. Você pode, por exemplo, praticar exercícios ao ar livre, como uma simples caminhada. O importante mesmo é começar! “No início, a pessoa deve tentar se movimentar quase todos os dias. Para isso, é importante buscar uma atividade acessível e que ela esteja preparada para fazer. Pode ser uma pequena caminhada, subir escadas, enfim… Qualquer exercício que consiga incorporar no dia a dia”, ressalta o preparador físico Marcio Atalla, em entrevista cedida durante o Ethanol Summit, evento realizado esta semana, em São Paulo.

Dica 2: escolha algo que te dá prazer
Para começar e permanecer no esporte, é importante praticar uma atividade física que você se identifique. Caso contrário, é bem provável que você desista de treinar. “Escolha qualquer exercício que você consiga realizar na maior parte dos seus dias. Isso é o que vai fazer a diferença. Nosso corpo é muito inteligente. Conforme recebe pequenos estímulos, ele vai se condicionando. Assim, com o tempo é possível aumentar o ritmo. Mas, lembre-se, o mais importante é criar o hábito”, recomenda Atalla.

Dica 3: procure fazer pequenas mudanças no seu dia a dia
Qualquer minuto de atividade física conta para sua saúde. Portanto, se você costuma ir até a padaria de carro, que tal mudar de atitude e ir caminhando? Você pode também trocar o elevador pela escada, descer um ponto de ônibus antes do trabalho e andar ou até ir algumas vezes na semana de bicicleta para a empresa. Essas pequenas atitudes podem ser um pontapé e tanto para o fim definitivo do sedentarismo, desde que você mantenha a regularidade. “O que entra como atividade física é o somatório de movimentos. Por exemplo: se você der 3 mil passo por dia ao andar da sua casa até seu serviço e vice-versa, já é um bom começo. Mas, quando falamos em sair do sedentarismo e ter mais saúde, são necessários cerca de 10 mil passos (de acordo com a OMS). Então, procure executar outros movimentos para atingir essa cota”, destaca Atalla.

Dica 4: comece a treinar em casa
Se a desculpa para não praticar atividades físicas é que você não tem tempo para sair de casa, que tal se movimentar no conforto do lar? É fácil fazer isso, sabia? “Hoje, com a internet e a evolução da educação física, há uma série de aplicativos ou sites que ensina a treinar com o próprio peso do corpo, sem qualquer acessório. Só o simples fato de você sentar e levantar de uma cadeira 10 vezes, de maneira programada, já é um começo. Ao suportar o seu corpo de frente para uma parede, por exemplo, você já consegue fazer um trabalho de peito. Claro que a orientação de um profissional de educação física vai facilitar esse processo”, recomenda Marcio Atalla.