compartilhe

0

0

Treino

Melhore sua corrida com as meias de compressão

O acessório acelera a recuperação muscular e garante uma melhor performance durante o esporte

Juliana MesquitaPor
Juliana Mesquita

Você já deve ter visto alguma corredora com aquelas meias que chegam até o joelho (que parecem as mesmas usadas pelos jogadores de futebol) e se perguntado se o visual tinha a ver com estética ou saúde, certo? O fato é que muitas atletas estão aderindo às famosas meias de compressão para garantir melhores resultados durante a corrida. Mas, afinal, como elas ajudam?

Meias de compressão durante a corrida

As meias podem colaborar (e muito!) na melhora da circulação sanguínea. “A compressão elástica facilita o retorno venoso nos membros inferiores. Ao estimular a circulação sanguínea na região, as trocas metabólicas são mais eficientes. Isso diminui a sensação de peso nas pernas e o cansaço muscular”, ressalta Kasuo Miyake, cirurgião vascular e diretor presidente da Clínica Miyake.

De acordo com Raquel Silvério, fisioterapeuta do Instituto de Tratamento da Coluna Vertebral, as meias ainda podem ajudar no controle do inchaço, além de diminuir o trauma muscular durante a atividade. Mas é importante ressaltar que esses benefícios só serão garantidos se os acessórios forem utilizados por, pelo menos, 30 minutos durante o percurso.

MAIS
Melhore a sua performance na corrida com a ajuda do Kangoo
4 exercícios de pilates para quem corre

Após a corrida

Além de potencializar a performance durante o treino, as meias aceleram a recuperação pós-corrida. “Depois da corrida, ela deve ser utilizada por no máximo 20 minutos e depois retirada. Durante esses 20 minutos, ela irá ajudar a regular a oxigenação e o retorno venoso ao coração, facilitando, assim, a recuperação do atleta e diminuindo as lesões geradas pelo esporte de longa duração e muita repetição”, destaca o fisioterapeuta Junior Flueti.

Como utilizá-las?

“Para garantir a eficácia das meias de compressão, é preciso colocá-las adequadamente. “As meias devem ser bem posicionadas para garantir a compressão correta de todo o membro. A parte de maior compressão fica na região dos pés e vai diminuindo até chegar na parte inferior do joelho cobrindo toda a panturrilha – isso facilita o bombeamento do sangue que está nas extremidades”, destaca Raquel.

Fora das pistas

Você sabia que o uso das meias de compressão pode deixar você mais confortável durante as viagens? “Em uma viagem longa, por exemplo, a pessoa fica sentada com o joelho flexionado. Nesse caso, as artérias também estão flexionadas, dificultando a passagem do sangue. É como dobrar uma mangueira de água impedindo o fluxo. A meia de compressão ajuda na pressão para o sangue voltar ao coração, por isso, auxilia em situações em que a pessoa passa longos períodos sem caminhar e mexer os pés, ou com os joelhos flexionados”, afirma Junior. Com o sangue circulando de forma mais livre, o acessório ajuda a evitar a coagulação na região das pernas – também conhecida como trombose.