compartilhe

0

0

Saúde & Beleza

Sete exercícios para combater o inchaço

Entenda as causas da retenção de líquido e minimize o problema com um treino que pode ser feito em qualquer lugar

Juliana MesquitaPor
Juliana Mesquita

retenção de líquido

Se você nunca se sentiu inchada, é provável que um dia vá passar pelo desconforto — causado principalmente pela retenção de líquidos. Pesadelo de algumas mulheres, o problema atinge áreas como pernas, braços, barriga e rosto e, durante o ciclo menstrual, pode levar a um ganho de 1 kg a 3 kg.

“Variações de pressão sanguínea, sedentarismo, alimentação rica em sódio ou pobre em proteínas, desidratação, tensão pré-menstrual, problemas renais, cardíacos ou hepáticos, doenças da tireoide ou uso de determinados medicamentos são alguns fatores que podem desencadear o inchaço”, lista Camila Avileis, nutricionista do Centro Terapêutico Máximo Ravenna.

PREJUÍZOS PARA O TREINO

Entre as principais consequências da retenção de líquidos estão dores corporais, pele ressecada, irritabilidade, desconforto intestinal e dificuldade na digestão. Tudo isso já atrapalha a prática de corrida, e o problema ainda tende a gerar outros incômodos durante o exercício. “Pode ocorrer o aceleramento da fadiga, formigamento ou dormência nas extremidades (pés e mãos), sonolência e desânimo, resultando, muitas vezes, em prejuízo ao treino”, avisa Deise Vaz, treinadora da academia Ecofit Club, em São Paulo.

O inchaço, no entanto, não deve ser motivo para deixar de fazer atividade física. Principalmente, porque o exercício é um dos grande aliados para minimizar a situação. “Inchou hoje, treine amanhã e aniquile o excesso de água. A orientação nesse caso é diminuir a intensidade e/ou duração da atividade física, para não agravar o desconforto. Mas não deixe de malhar”, orienta Deise.

MAIS
Maquiagem e corrida: o que você precisa saber
Dormir mal atrapalha a evolução na corrida e pode até engordar

COMO O EXERCÍCIO REDUZ A RETENÇÃO DE LÍQUIDO 

“Fisiologicamente, a atividade física contribui para o aumento da frequência cardíaca, resultando na melhora do fluxo sanguíneo e eliminação de toxinas.” Além disso, o exercício eleva a temperatura corporal. Aí, o organismo utiliza parte do líquido acumulado para produzir suor e resfriar o corpo. “Exercícios aeróbios (corrida, bike, subir escadas, pular corda, saltos, polichinelos), bem como a musculação, auxiliam neste equilíbrio corporal e na eliminação do líquido acumulado”, explica Deise Vaz.

Invista no treino abaixo, elaborado pela treinadora Deise Vaz, da Ecofit Club, para reduzir o inchaço 

abdominal-completo abdominal-completo-2 abdominal-escalador-1 abdominal-escalador-2 agachamento-com-salto corrida-sem-deslocamento infra-abdominal infra-abdominal-2 polichinelo-1 polichinelo-2 pular-corda
<
>
5. ABDOMINAL INFRA (B) - Erga as pernas e leve os joelhos em direção ao peito. Depois, estenda as pernas até elas ficarem paralelas ao chão, sem tocar os calcanhares no solo. Retorne para a posição inicial. Faça 3 séries de 15 repetições, com intervalo de 1 min entre elas.