compartilhe

0

0

Saúde & Beleza

Engordar: eu quero, sim!

Saiba como conquistar alguns quilos a mais na balança

RedaçãoPor
Redação

Enquanto muitas mulheres desejam perder alguns quilinhos, outras não se sentem confortáveis com sua magreza. Como opção para o ganho de massa, estas aderem a uma dieta rica em guloseimas e altas taxas de gordura – o que é perigoso para a saúde da mulher.

“Consumir quantidades grandes de açúcares e gorduras é muito arriscado – eles ajudam no aparecimento de problemas cardiovasculares e de diabetes“, alerta a nutricionista Isabella Correia, da Clínica Patricia Davidson Haiat, no Rio de Janeiro. Além disso, o excesso de glicose será armazenado em forma de gordura nas células adiposas, concentrando-se principalmente na barriga, coxas e cintura – dando origem aos “pneuzinhos”.

Siga os passos

O caminho é simples: aumentar o consumo diário de calorias e não parar de fazer exercícios físicos – eles aumentam a massa magra (músculo), deixando o corpo ainda mais bonito. “O ganho de peso pode ser feito com uma alimentação rica em proteína (carnes magras, ovos e grãos), carboidratos complexos e gorduras insaturadas”, aconselha a nutricionista Joice Amaro, do Rio de Janeiro.

MAIS
As melhores proteínas vegetais para abastecer os músculos
A importância do magnésio para a saúde da mulher

Para alcançar um corpo saudável, primeiramente é necessário aumentar o consumo de cereais e massas que não sejam refinados, como o pão francês, o macarrão e o arroz. Isabella completa: “dê preferência aos produtos integrais, que possuem mais nutrientes que os convencionais”.

O açúcar em excesso faz mal, então, utilize outras formas de adoçar os alimentos. “O mel é um excelente parceiro nessas horas – além de ter mais calorias, melhora a imunidade”, lembra Isabella.

Utilizar grãos em abundância (ervilha, feijão, grão de bico, soja e milho verde) é outra dica. Esses produtos aumentam o teor protéico das refeições e são ricos em vitaminas e minerais. E também é importante aumentar o consumo de alimentos de origem animal (queijos, leite, carnes brancas e vermelhas – mas prefira os com baixo teor de gordura).