compartilhe

0

0

Saúde & Beleza

A corrida pode causar flacidez?

O esporte nem sempre é o causador já que o processo está ligada ao processo natural de envelhecimento do corpo

Tamiris MonteiroPor
Tamiris Monteiro

Corrida e flacidez WRun

Essa é uma dúvida muito frequente entre as corredoras, mas antes de qualquer resposta, é interessante entender o que é o processo de flacidez. De acordo com a dermatologista Aline Caroline Camargo Mendonça, a flacidez de pele é a diminuição do tônus do tecido, ou seja, o relaxamento da pele. “Isso ocorre porque a pele perde a elasticidade devido ao enfraquecimento das fibras colágenas e elásticas que a sustentam. A mulher começa a sofrer com os efeitos da flacidez a partir dos 30 anos, quando inicia a perda de colágeno”, explica.

Mas a resposta para a pergunta do título dessa matéria é não. “A corrida em si não causa flacidez. A flacidez da pele está ligada ao processo natural de envelhecimento do corpo com perda de colágeno e gordura. O movimento do corpo e os impactos da corrida não são capazes de danificar o colágeno. No entanto, se a corrida for praticada de forma prolongada, ao ar livre, a pessoa fica exposta aos efeitos negativos dos raios UV que quebram o colágeno e causam envelhecimento precoce da pele”, pontua a profissional.

Hábitos sugeridos para evitar a flacidez

Dieta rica em proteínas

Beber muita água

Usar protetor solar

Usar cremes específicos a base de silício e colágeno

Ingerir colágeno a partir dos 30 anos (pó ou comprimido)

Se for possível, usar a tecnologia de tratamentos estéticos.

 

Alimentos que evitam a flacidez

Clara de ovo

Batata doce

Folhas verdes escuras

Aveia e quinoa

Frutos do mar

Tomate

Frutas cítricas

Arroz integral

Frutos vermelhos

Goiaba, abacate e cacau