compartilhe

0

0

Saúde & Beleza

Corrida: ótima aliada contra o câncer de mama

A prática regular de exercícios pode reduzir em até 30% o risco da doença. Entenda os motivos

Cesar Candido dos SantosPor
Cesar Candido dos Santos

Corrida ajuda a prevenir câncer de mama

No mês de outubro, o mundo todo se pinta de rosa para alertar as mulheres sobre a importância da prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama. Não é por menos. Esse tipo de tumor é o segundo mais comum entre o sexo feminino, atrás apenas do de pele, e corresponde a quase 30% dos casos da doença.

O Instituto Nacional do Câncer (Inca) estima que no ano passado ocorreram 60 mil diagnósticos de câncer de mama no Brasil, responsáveis pela morte de aproximadamente 15 mil mulheres. Mas você pode correr, literalmente, desse mal. Isso porque, a prática regular de atividade física é uma das principais formas de evitar o problema.

“O câncer de mama é uma doença que não dá para prever quem terá ou não. Para se ter ideia, a herança genética representa uma parcela muito pequena dos casos, cerca de 10%”, afirma Mario Sergio Amaral Campos, médico radiologista do Centro de Mama do Hospital e Maternidade São Luiz Itaim, em São Paulo. “Os outros 90% ocorrem por influência do estilo de vida das mulheres e estão ligados a fatores como sedentarismo, obesidade, tabagismo, estresse elevado, consumo de álcool entre outros”, completa o especialista.

MAIS
Correr é um ótimo remédio contra a depressão
Os benefícios da corrida em curto, médio e longo prazo

De acordo com José Antonio Marques, ginecologista, ex-vice-presidente e membro da Associação de Obstetrícia e Ginecologia do Estado de São Paulo (Sogesp), a probabilidade de desenvolver o câncer de mama é maior em mulheres com idade entre 50 e 70 anos; em quem começou a usar precocemente anticoncepcional oral; em mulheres sem filhos ou que se tornaram mães após os 30 anos; e em obesas.

O PAPEL DA CORRIDA  

Corrida ajuda a prevenir câncer de mama

As corredores são menos estressadas e se alimentam melhor, o que ajuda a reduzir o risco de câncer de mama

A atividade física é certamente uma das melhores formas de prevenir o câncer de mama. Estudos mostram que mulheres que praticam exercícios regularmente têm quase 30% a menos de risco de desenvolver a doença, em comparação com as sedentárias.

“Isso acontece principalmente porque o esporte insere as pessoas em um contexto de vida saudável. A mulher que pratica esportes tende a se alimentar melhor, dormir bem, ter menos estresse, manter o peso sob controle, evitar hábitos ruins como fumar e beber etc.”, explica o médico Mario Sergio Amaral Campos.

De acordo com a American Cancer Society (EUA), realizar cerca de 30 minutos de atividade aeróbica (corrida, caminhada, bike, natação) por dia, de três a cinco vezes por semana, já surte ótimos benefícios na prevenção de tumores.

QUANTO ANTES DESCOBRIR, MELHOR

As chances de cura do câncer de mama chegam a quase 95% quando o tumor é diagnosticado precocemente. Por isso, é fundamental a realização de exames preventivos regularmente. “As mulheres devem fazer o exame de palpação (autoexame) todos os meses, no banho, após a menstruação. Ele é importante para ajudar a identificar se há alguma alteração nas mamas”, afirma Campos. “Também é essencial consultar-se com o ginecologista e realizar a mamografia anualmente”, ressalta o médico do Centro de Mama do Hospital e Maternidade São Luiz Itaim.

+ 4 passos para fazer o autoexame de mama

CORRIDA CONTRA O CÂNCER

Diversas corridas aderem ao Outubro Rosa e contribuem para alertar as mulheres sobre a importância da prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama. Um dos eventos que todos os anos participa do movimento é a W21K, meia maratona feminina que será realizada no dia 22 de outubro, em São Paulo.

A prova vai ter percursos de 21,097 km e 10 km e promete oferecer às corredoras diversas ações ligadas à campanha, como entrega de laço rosa no kit de participação, painel de fotos e de frases motivacionais etc. As inscrições ainda estão abertas e podem ser feitas w21k.com.br.