compartilhe

0

Produtos

Como cuidar do seu tênis para que ele dure mais

Veja dicas de uso, armazenamento e lavagem para aumentar a vida útil dos seus tênis e tirar melhor proveito deles

Redação WRunPor
Redação WRun

Como cuidar do seu tênis de corrida

Você provavelmente já sabe a diferença que um bom par de tênis faz no seu treino, no seu pace e nas provas. Mas para os seus tênis te ajudem a dar o seu melhor na corrida, é importante saber cuidar deles. Com alguns pequenos cuidados, é possível zelar pelas condições dos tênis e estender sua vida útil.

Inscreva-se para a Cosan SP City Marathon 2019!
21K | 42K | SP 28.07

Separamos algumas dicas de lavagem, armazenamento, secagem e uso, que vão fazer com que os seus tênis mantenham sua forma ideal e durem o máximo de tempo possível em boas condições.

Como cuidar do seu tênis de corrida

Sombra e água fresca

Nada de deixar os tênis sob a luz do sol ou no calor excessivo (dentro do carro depois do treino, por exemplo). As altas temperaturas secam, diminuem e endurecem a entressola, o que reduz a capacidade de amortecimento e a durabilidade do material.

Posição é tudo

Guarde seus tênis na horizontal, de preferência em uma prateleira, sem nada fazendo peso em cima. A parte de cima do seu tênis é maleável e frágil, podendo ser danificada se estiver dobrada, embaixo de algo muito pesado ou socada no fundo da mochila.

Limpe, não lave

Nunca ponha seu tênis na máquina de lavar. Os tecidos e materiais técnicos usados em tênis de corrida não são feitos para resistir aos ciclos de lavagem da máquina. Limpe seus tênis à mão, com uma esponja, um pano, água e sabão neutro.

Secagem certeira

Deixar um tênis usado e molhado para secar ao ar é garantia de que ele vai ficar fedido. O melhor a fazer é usar a velha técnica de colocar jornal dentro deles, após retirar as palmilhas. O jornal absorve a umidade por dentro e ajuda a evitar o mau cheiro, além de auxiliar o tênis a manter seu formato original.

Tenha mais de um par

Se possível, dê uma pausa de 48 horas para os seus tênis entre uma corrida e outra, usando seu par reserva. Isso dá um tempo de descompressão à sola, para que a ela retome sua forma original.

Sem preguiça na hora de tirar os tênis

Abandone já o hábito de arrancar o tênis do pé usando o outro pé para descalçar o calcanhar. Sempre desamarre os cadarços antes de tirar os tênis, e amarre novamente quando tornar a calçá-los. Isso evita que o contraforte (a parte posterior do tênis, que envolve o calcanhar) seja deformado e você perca o suporte que eles deveriam proporcionar.

Atenção à vida útil

Nem todos os modelos ficam visivelmente gastos quando já atingiram sua data de validade, especialmente se você treina indoors, então é importante ter isso em mente. Anote a data em que começou a usar um novo par, para poder estimar a quilometragem já cumprida com eles. O limite de um par costuma ser 800 km, embora algumas pessoas prefiram trocá-los a cada 400 km ou 500 km.