compartilhe

0

Notícias

Como comer melhor até a Cosan Athenas 18K SP

Dicas de nutricionista para mudar sua alimentação e garantir uma boa performance na prova

Redação WRunPor
Redação WRun
comer melhor

Foto: Shutterstock

Participar de uma prova de corrida de rua é muitas vezes um grande incentivo para que você treine mais, faça fortalecimento com a musculação e até passe a comer melhor. Segundo a nutricionista Lívia Hasegawa, “toda dieta depende de um objetivo”, razão pela qual provas de ruas são tão bons estímulos.

Veja abaixo uma sugestão de cardápio elaborada por Lívia para quem vai correr a Cosan Athenas 18K São Paulo  no dia 14.07 (Vale lembrar: este cardápio é apenas um exemplo, qualquer planos alimentar deve ser adaptado individualmente).

Inscreva-se para a Cosan Athenas 18K SP 2019,
dia 14 de julho em São Paulo

Confira as dicas da nutricionista para começar a comer melhor:

Café da manhã

Opção 1: ovos mexidos + fruta com aveia

Opção 2: tapioca com queijo da canastra + fruta

Opção 3: shake com proteína (whey protein ou proteína vegana) batido com leite de coco + uma fruta

Lanche da manhã 

Opção 1: uma fruta da sua preferência

Opção 2: oleaginosas (castanhas variadas sem sal, amêndoas, pistache, etc)

Opção 3: coco seco + frutas secas

Almoço

Opção 1: arroz integral + feijão + frango + salada

Opção 2: batata doce cozida + lentilha + salada + legumes + peixe

Opção 3:  arroz 7 cereais + tofu grelhado com legumes + salada

Lanche da tarde

Opção 1: uma fruta da sua preferência

Opção 2: oleaginosas (castanhas variadas sem sal, amêndoas, pistache, etc)

Opção 3: coco seco, frutas secas

Jantar

Opção 1: mandioca cozida + frango + salada

Opção 2: macarrão integral ou sem glúten com molho à bolonhesa + salada

Opção 3: cogumelos grelhados no azeite + salada + legumes + quinoa

 

LEIA MAIS:

Aumente o som: músicas para animar sua corrida

Exercícios de musculação para quem corre

Alongamento antes ou depois da corrida? Tire suas dúvidas.

 

Benefícios da mudança

A nutricionista explica que ao melhorar a alimentação, nosso organismo melhora todo o processo de produção de energia e mantém o bom funcionamento celular. Com isso, você auxilia sua performance e recuperação após os treinos, além de evitar quedas de imunidade.

“No momento de correr, uma boa alimentação promove uma excelente reserva de glicogênio muscular, que é um dos combustíveis para a atividade física”, explica Lívia. “Além disso, também contribui para a manutenção bons níveis de atenção e foco, por manter a saúde cerebral adequada, e ajuda a manter a musculatura íntegra, o que melhora a resistência e retarda a fadiga”.

A especialista completa lembrando que é muito importante hidratar-se bem antes da prova, e evitar qualquer alimento ao qual não esteja acostumado nos dias que antecedem a mesma.

Evitar bebida alcoólica na semana da prova também é uma orientação, já que ela pode provocar desidratação, levando à redução no rendimento e câimbras.  Ela lembra que a melhor opção é sempre buscar um nutricionista, para criar uma dieta individual de acordo com as suas necessidades específicas.

 

Fonte: Lívia Hasegawa, nutricionista especializada em fisiologia do exercício, nutrição funcional e fitoterapia. Atende na Clínica Lívia Hasewaga – Nutrição Esportiva e Clínica, em São Paulo.

*Por Brenda Prestes