compartilhe

0

0

Colunistas

O que eu devo fazer para queimar gordura?

A intensidade durante a corrida é um fator determinante para alcançar o objetivo

Alessandra DianinPor
Alessandra Dianin

“O que é melhor para perder gordura nos treinos?” Recebi essa pergunta essa semana, de uma amiga, pelo Facebook. Ela também me perguntou se deveria correr feito louca e, se quanto mais corresse, mais queimaria calorias. Fato que, quanto mais nos exercitamos, mais calorias gastamos! Mas isso não quer dizer que você está queimando gorduras…

Então, ao meu ver, a primeira coisa a ser feita é comprar um frequencímetro ou aprender a contar seus batimentos cardíacos no pulso. Depois disso, faça o seguinte cálculo:

(220 – a sua idade) x 0,8

Essa é a máxima frequência cardíaca que devemos manter quando o intuito é perder gordura nos treinos. Você pode correr um minuto e andar 2 ou 3 minutos para recuperar ou pode, simplesmente, andar em um terreno com bastante subida. O importante é controlar a sua frequência cardíaca média.

Sei que muitos de vocês vão perguntar a respeito do Cross Fit, de treinos intervalados de alta intensidade e de outras coisas que também dão resultado, mas estou relatando pesquisas que li, e essa fórmula ainda parece bem eficiente.

MAIS
Secar a barriga não depende só dos abdominais
Evite quatro erros cada vez mais comuns na musculação

Não quer dizer que correndo feito louca ou fazendo treino intervalado você não vá emagrecer. Você vai sim! É só uma questão de saber exatamente qual fonte de energia está sendo utilizada do seu corpo.

De qualquer maneira, lembre-se que correr, andar ou nadar por mais de quatro horas, sem comer, não vai ajudar a queimar gorduras! Muito pelo contrário: aí você corre o risco de “queimar seus músculos” e de deixar seu metabolismo mais lento ainda.

Infelizmente ou felizmente, o corpo não reage da mesma maneira para todo mundo. Condicionamento diferente, estrutura corporal diferente e “n” outros fatores têm influência. Então, às vezes, o básico é mais! E garante um bom resultado.

Se você não corre, use a fórmula acima andando em subidas, como sugeri. Faça isso por pelo menos dois meses, três vezes por semana. Tire suas medidas antes e depois (medida do abdômen, glúteo, coxa e mais outras que achar interessante medir). Depois desses dois meses, meça tudo de novo e escreva me contando se deu certo ou não.

Aguardo o resultado.

Sucesso no treino!