compartilhe

0

0

Colunistas

Prova-alvo Vs. Provas-treino

Bruna Guido fala sobre a participação em corridas menores durante a preparação para a sua prova-alvo

Bruna GuidoPor
Bruna Guido

E aí atletas, como estão os treinamentos? A grande maioria passou pela fase de base no começo do ano, mas algumas também já devem estar se preparando para a prova-alvo, certo?

Vou dar meu exemplo: a minha prova-alvo deste ano é a Maratona de Londres, no final de Abril. Assim, em a janeiro eu já estava começando a fase específica, com o volume e intensidade aumentando a cada duas semanas.

Nesse período, as provas de todos os finais de semana podem ajudar na preparação para a prova-alvo. Veja bem, elas podem ajudar, mas também podem atrasar a preparação. Tudo depende se a distância escolhida for a mesma que estiver na planilha.

Por exemplo, na minha planilha nessa fase que estou para a maratona, o treino mais curto é o de ritmo, de 15 km. Se tivesse uma prova de 15 km todos os finais de semana nessa fase seria perfeito, já que a metodologia que utilizo propõe um treino mais forte com características de prova toda semana.

Porém, a maioria das provas são de 5 km e 10 km então, se eu me inscrever nessas provas terei que correr alguns quilômetros a mais para completar o treino. Ou seja, terei que ajustar constantemente a planilha para que eu não “fuja” da periodização.

MAIS
O que você precisa para começar a correr?
4 dicas para seus primeiros 4 km

Estou começando a viver mais esse mundo de maratonistas, indo para a minha segunda maratona. Não sou experiente no assunto ainda, mas estou me esforçando bastante e aprendendo a cada novo treino.

Percebi que vivenciar mais provas de 21 km antes de correr uma maratona é essencial para que tudo saia bem. Sabemos que treino é diferente de uma prova, mesmo que estejamos 100% focados no treino, na prova conseguiremos imprimir um ritmo mais forte por causa da adrenalina, dos outros atletas, dos postos de água, da segurança etc.

Antes de entrar nesse mundo de maratonas, eu não focava em uma prova-alvo (do tipo, vou treinar para ESSA prova). Eu me inscrevia em várias e fazia o treino para melhorar nos 5 km.

Mas depois de iniciar as treinos para 42k a história mudou. A prova-alvo é a maratona e as outras provas fazem parte da preparação para ela. A evolução é muito maior dessa forma.

A dica que eu dou é: converse com o seu treinador e fale qual a sua prova-alvo, a prova que você quer arrasar ou encarar pela primeira vez ou ainda fazer um tempo melhor do que a anterior, e pergunte quais provas ele acha interessante que você participe.

Garanto que será muito mais prazeroso treinar dessa maneira. Um Grande Beijo e até o próximo Post!