compartilhe

0

0

Colunistas

Planos na pista, planos na vida

A importância de saber planejar seus objetivos

Nanna PrettoPor
Nanna Pretto

2018 chegou chegando. Mal respiramos é já estamos em março. Não sei vocês, mas eu fiquei meio perdida no tempo. Nos meses de férias, me permiti relaxar dos treinos e curtir um pouco os amigos e a família. Saía para correr com meu filho, mas sem aquela cobrança de pace ou de distância – ele tem nove anos e já corre 5 km comigo. Me permiti também relaxar no melhor estilo dolce far niente. Acho isso essencial.

É uma forma de recarregarmos a energia, sabe? De olhar o ano que passou, os erros e os acertos e começar a se planejar para o que vem por aí. E isso vale para a vida e para as pistas, claro!

Acho fundamental estabelecermos um objetivo para o ano. Não dá pra sair correndo sem rumo o tempo todo. Uma meta, algo desafiador e que te dê forças para as horas de dificuldade. Eu sempre falo que associo muito o planejamento da minha corrida ao da minha vida. Temos de ter coerência, mas encarar os desafios de frente. E se der medo, vai com medo mesmo.

MAIS
5 dicas para ter uma barriga chapada
Prepare-se para correr a Rio City Half Marathon

Junto com esse objetivo vem o planejamento. Você tem que fazer por onde para encarar os 10 km ou uma meia-maratona. Treinos frequentes, dedicação e concentração naquilo que você se propõe a fazer, geralmente, formam uma bela corredora.

Para finalizar, precisamos ter consciência. Seguir a planilha de treino, entender os seus limites, respeitar os descansos e saber parar quando realmente não dá. Sabe aquela coisa do passo para trás para depois dar para frente? Sim, as vezes é preciso rever o objetivo e ajustar os ponteiros. Não deu, paciência. Sem medo, vai!

Não ter ido para a Meia-maratona de Paris, em 2016, foi uma das minhas maiores frustrações. Hoje eu agradeço pela decisão tomada em conjunto com o meu técnico, porque eu até teria terminado a prova, mas não na forma que eu gostaria, ainda mais num evento tão especial.

(Ainda estarei lá, acreditem!)

Planos na pista, planos na vida. Você pode passar por isso um dia e se sentir deprimida, agoniada, incapaz. Esqueça. Lá na frente a vida vai te mostrar que nada acontece por acaso!