compartilhe

0

Colunistas

Desafie-se sempre!

Colocar metas diárias pode ajudar você a chegar mais longe na corrida

Bruna GuidoPor
Bruna Guido

Quem me acompanha no Instagram (@brunaguido_mb) já deve ter visto vários posts falando sobre algum desafio que me proponho a fazer. Hoje, especificamente, vou contar um pouco sobre o #DesafioYouEvenBetter.

Tudo começou exatamente há um ano, quando tive vontade de fazer uma prova sem linha de chegada (eu vou explicar sobre ela em outro post). Contei quantos dias teria para me preparar e bolei o desafio. Seriam 200 dias. Então, fiz uma lista de coisas que eu deveria ou não fazer para atingir os meus objetivos.

A meta inicial era correr a Wings For Life, mas acabei mudando para a Rio City (minha primeira meia maratona). O fato era que eu só participava de provas de 5 km, então seria um desafio e tanto.  A partir disso, tracei outras metas, como diminuir o percentual de gordura e alguns objetivos profissionais – assim, não me faltariam motivos para dar o meu melhor em tudo.

MAIS
Por que treinar com uma assessoria esportiva?
Playlist para fazer um ótimo treino

Antes mesmo dos 200 dias acabarem, recebi uma proposta da New Balance para correr a Maratona de Nova York.  Eu não tinha nem estreado na meia maratona, mas já comecei a preparar o psicológico para dobrar a meta. Literalmente! Sou muito ansiosa, mas me controlei e foquei no desafio para os 21 km. Depois, eu pensaria nos 42 km que iria percorrer 183 dias depois…

Pois bem, depois de concluir 200 dias (com muita evolução), me dei ao luxo de um dia off e me acabei em uma pizzaria. Dois dias depois iniciei a contagem para a maratona.

Eu realmente melhorei bastante. Reeduquei minha alimentação, passei a ser mais regrada com os treinos, comecei a fazer fisioterapia toda semana, mudei minhas atitudes e meu jeito de pensar e, a partir daí, atraí muita coisa boa para a minha vida. Além disso, comecei a fazer suplementação com vitaminas e manipulados para aguentar a rotina – tudo isso com acompanhamento do Dr. Leandro Gregorut, um médico esportivo que eu indico.

Enfim, galera. Esse é o desafio que acabou se tornando em um estilo de vida. E não estou sozinha nessa! Montei um grupo no WhatsApp com pessoas que se interessaram. Agora trocamos “figurinhas” e nos motivamos diariamente.

Sobre a maratona: faltam menos de 20!  A ansiedade só aumenta. Estou fazendo o que tem que ser feito, então não tem com o que se preocupar – Ah, fiquei mais positiva também! Só para vocês saberem, o grande dia será em 5 de novembro.

No próximo post, eu vou contar sobre a preparação para os meu primeiros 42 km.

Espero vocês por aqui.

Um grande beijo e ótimos treinos!

* Bruna Guido é treinadora da MB Personal Trainers e do Studio Velocity. Apaixonada por esportes desde criança, já praticou judô, vôlei e hoje é uma supercorredora. Aqui, ela compartilha suas experiências em treinos e provas. | Instagram: @brunaguido_mb